Ônibus pega fogo na Linha Amarela na Zona Norte do Rio de Janeiro

Ônibus pega fogo na Linha Amarela na Zona Norte do Rio de Janeiro

17 de setembro de 2019 Off Por revistadoonibus

RIO – O trânsito começa ficar complicado na manhã desta terça-feira (17), após um ônibus rodoviário pegar fogo na Linha Amarela, na altura do Shopping Nova América, na Zona Norte da cidade, por volta de 6h30.

Anúncios

Devido as chamas, a via no sentido Centro, acabou bloqueada. As chamas chamaram atenção na região. O incidente ocorreu próximo de uma passarela no bairro Del Castilho. Por volta de 7h os dois sentidos da Linha Amarela acabou interditados.

Às 7h30, também havia interdições nos acessos à Linha Amarela pela Avenida Brasil e Linha Vermelha. Na Brasil, o trânsito foi bloqueado na pista de subida à via, na altura do Hospital Geral de Bonsucesso.

Foto: Reprodução – TV Globo

Na Linha Vermelha, um reboque também interditava o trânsito aos motoristas no acesso à Linha Amarela, debaixo do Viaduto de Manguinhos.

Na hora do incêndio, uma grande cortina de fumaça podia ser vista à distância. Às 7h20, o fogo já havia sido apagado, mas os bombeiros ainda vistoriavam o coletivo devido a possíveis focos de chamas.

Foto: Reprodução – TV Globo

A via expressa é uma ligações mais importantes entre as zonas Oeste e Norte da cidade. Para quem sai da Zona Oeste, a melhores alternativa é a autoestrada Lagoa-Barra, que também já tinha retenção neste horário, a autoestrada Grajaú-Jacarepaguá ou o Alto da Boa Vista.

Segundo o especialista de análise de risco Gerardo Portela, a parte da passarela onde as pessoas colocam os pés precisa ser inspecionada.

A parte metálica só vai ser afetada se a temperatura ultrapassar 723ºC. A partir de 300ºC, 400ºC, ela começa a sofrer alguns danos, pois ela começa a dilatar e contrair. Mas só acima de 700ºC. Pelas imagens, apesar da grande quantidade de fogo, eu não acredito que tenha chegado aos 700ºC, mas aos 400ºC ou 500ºC, com certeza a gente tem algum tipo de dano”, afirmou.

Foto: Reprodução – TV Globo

Às 7h50, técnicos da Lamsa vistoriavam a passarela para avaliar as condições da estrutura. Segundo a concessionária, as pistas vão seguir interditadas e o acesso aos pedestres também não será permitido até a conclusão dos trabalhos.

Foto: Reprodução – TV Globo

Comm informações da TV Globo, Centro de Operações Rio e Lamsa