Ônibus de banda sertaneja é levado por bandidos em Curitiba

Ônibus de banda sertaneja é levado por bandidos em Curitiba

17 de setembro de 2019 Off Por Redação Revista do Ônibus

CURITIBA – Bandidos acabaram levando um ônibus rodoviário de uma banda de música sertaneja na tarde desta segunda-feira (16). O veículo, modelo Viaggio G4, vou levado quando estava estacionado em uma garagem do bairro Tatuquara, no subúrbio da cidade por volta de 16h.

A equipe da banda Pancadão Sertanejo, foi às redes sociais, informar sobre o roubo e pedir a ajudar de seus seguidores para localizar o ônibus rodoviário.

“Olá amigos do Facebook! O ônibus da Pancadão Sertanejo foi roubado e nele está todo equipamento e instrumentos de nosso trabalho. Peço a colaboração de vocês para nos ajudar a divulgar e encontrá-lo. Muito obrigado e Deus abençoe a todos!!!”, escreveu André Silva, um dos integrantes da banda, em seu perfil no Facebook. Ele deixou um número de contato para receber informações sobre o roubo: (41) 99859 6279.

Veículo acabou sendo recuperado

Um homem que tinha sido contratado como carregador de instrumentos de uma banda sertaneja de Curitiba foi preso em flagrante por furto do ônibus do grupo musical, na noite desta segunda-feira (16).

De acordo com a Polícia Civil, o homem tirou o ônibus da garagem da sede da banda Pancadão Sertanejo, no bairro Tatuquara, e foi encontrado pelos policiais dirigindo o veículo no bairro Alto Boqueirão, horas mais tarde.

Segundo o empresário da banda e responsável pelo o ônibus, José Oliveira Pinto, o rapaz preso tinha sido contratado havia três semanas para cuidar dos instrumentos e equipamentos do conjunto.

“Ele estava precisando, a gente ajudou, inclusive estava morando no ônibus, porque não tinha lugar para ficar, mas acabou acontecendo isso”, disse o empresário.

O ônibus foi recuperado junto com vários equipamentos que estavam no interior dele.

O delegado da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, João Marcelo Renk Chagas, informou que o rapaz foi preso por furto qualificado por abuso de confiança porque ele não tinha a autorização para dirigir o ônibus. “Ele não tinha nem habilitação para isso”, afirmou.

De acordo com o delegado, o homem preso alegou que pegou o ônibus para ir até Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, e que depois retornaria à garagem com o veículo.

Com informações da RPC TV e Polícia Civil do Paraná