ônibus Blog da Redação São Paulo Terminais Trânsito Viajando de Ônibus

Prefeito de São Paulo Bruno Covas suspeita de locaute no transporte rodoviário

SÃO PAULO – A Paralisação dos rodoviários da cidade de São Paulo, deixa parte da cidade na manhã desta sexta-feira com menos ônibus circulando. De acordo com a SPtrans, 70% da frota dos coletivos, seguem circulando nas linhas municipais. Nesta quinta-feira (5), um protesto paralisou o sistema, fechando diversos terminais rodoviários nos principais bairros da cidade.

Anúncios

Em nota mais cedo, a SPtrans informou que 18 linhas da Viação Sambaíba não estavam circulando.

Diante das dificuldades enfrentadas pelo paulistano para se locomover, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), não descarta a prática de locaute na paralisação de hoje.

Foto: Reprodução – TV Globo

Questionado pelo professor Marco Antônio Villa na rádio Bandeirantes, Covas disse na manhã desta sexta-feira (6): “Claro que há uma suspeita em relação a isso, ainda não confirmada, até porque nós temos quatro empresas que não tem nenhum ônibus circulando”.

Veja a seguir mais detalhes da entrevista concedida pelo prefeito:

As 18 linhas prejudicadas, de acordo com boletim da SPTrans divulgado às 6h30, são:
148P/10 Pedra Branca – Metrô Barra Funda
1741/10 Vl. Dionisia – Metrô Santana
1742/10 Jd. Antártica – Metrô Santana
1743/10 Jd. Pery Alto – Shop. D
1758/10 Jd. Antártica – Metrô Santana
1759/10 Jd. Pery – Metrô Santana
148L/10 Cohab Antártica – Lapa
211L/10 Mandaqui – Lapa
1760/10 Cohab Antártica – Shop. Center Norte
297A/10 Jd. Primavera – Metrô Barra Funda
9166/10 Jd. Sta. Cruz – Term. Cachoeirinha
967A/10 Imirim – Pinheiros
971A/10 Jd. Primavera – Shop. D
9701/10 Hosp. Cachoeirinha – Metrô Santana
971D/10 Jd. Damasceno – Shop. Center Norte
971M/10 Vl. Penteado – Metrô Santana
971T/10 Vl. Sta. Maria – Metrô Santana
971V/10 Jd. Vista Alegre – Shop. Center Norte

O prefeito Bruno Covas, em entrevista a Rádio Bandeirantes disse que quatro empresas de ônibus estão paradas nesta manhã. São elas: Santa Brígida, Sambaíba Transportes, Ambiental e Gato Preto.

Taxamento do Uber

Durante a entrevista, Covas afirmou com estranheza que a categoria propôs taxar serviços de transporte por aplicativo, como o Uber. “Não entendo o porque desta reivindicação.”, disse o prefeito.

A prefeitura anunciou que o rodízio de veículos ficará suspenso durante todo o dia. Também será liberado o uso gratuito das vagas da Zona Azul .

Com informações da SPTrans, Prefeitura de São Paulo e Sindicato dos Rodoviários de São Paulo