Prefeitura de Campinas abre licitação para o transporte da cidade

Prefeitura de Campinas abre licitação para o transporte da cidade

29 de agosto de 2019 Off Por revistadoonibus

CAMPINAS – Foi divulgado nesta quinta-feira (29), pela Prefeitura de Campinas, o edital para licitação da concessão do sistema de transporte com prazo de 15 anos, e que poderá ser renovado por mais 5 anos.

A nova concessão, atinge o sistema comum de transporte, o serviço do BRT juntamente com o Programa de Acessibilidade Inclusiva (PAI), que devem operar em seis áreas da cidade. O valor total do contrato destas seis áreas é de R$ 7.4 bilhões.

O valor dos investimentos previstos no contrato é de R$ 870,8 milhões e o valor da tarifa dos ônibus no edital é de R$ 4,95, que atualmente está em vigor. Os custos do transporte pelas empresas será revisto a cada três anos.

As empresas interessadas devem entregar as propostas no dia 16 de outubro de 2019 até às 8h30, na prefeitura. A abertura dos envelopes ocorre no mesmo dia, às 9h.

O secretário de Transportes, Carlos José Barreiro, disse em entrevista  na segunda-feira (26) que a transição para o novo sistema será no início de 2020.

De acordo com o documento, poderão participar empresas brasileiras ou estrangeiras em funcionamento no Brasil, de forma isolada ou em consórcio.

Área branca

A licitação dos ônibus de Campinas também prevê uma área chamada de branca, onde os ônibus utilizados serão elétricos, para redução de emissão de poluentes na atmosfera. Serão 23 linhas, que vão percorrer diariamente ao menos 46.570 km, o que evitará a queima de cerca de 23.300 litros de combustíveis fósseis e a liberação de gases do efeito estufa.

Confira as linhas da área branca

  1. 123 Hospital das Clínicas/ Rodoviária ( 8 carros)
  2. 124 Shopping Iguatemi/Rodoviária-Via nova Campinas ( 6 carros)
  3. 125 Shopping Iguatemi/Rodoviária-Via Parque Brasília (8 carros)
  4. 131 Shopping Dom Pedro/Shopping Prado (9 carros)
  5. 135 Parque Portugal (Lagoa do Taquaral)/Terminal Central ( 4 carros)
  6. 155 Alphaville/Jardim Carlos Lourenço ( 14 carros)
  7. 160 Carrefour Valinhos/Cidade Judiciária -Via Marieta (8 carros)
  8. 204 Cambuí I / Terminal Central ( 4 carros)
  9. 205 Shopping Iguatemi/Rodoviária-Via Paineiras ( 6 carros)
  10. 207 Cambuí II / Terminal Central (4 carros)
  11. 222 Joaquim Egídio/ Parque São Jorge (14 carros)
  12. 243 Jardim Proença / Jardim Chapadão (8 carros)
  13. 340 Jardim São Domingo/Terminal Barão Geraldo ( 17 carros)
  14. 351 Jardim Itaguaçú/Shopping Dom Pedro (15 carros)
  15. 360 Aeroporto de Viracopos/Rodoviária (6 carros)
  16. 382 Jardim Melina/Shopping Dom Pedro (17 carros)
  17. 485 Cambuí II/Rodoviária ( 3 carros)
  18. 486 Cambuí I/ Rodoviária (7 carros)
  19. 487 Circular Centro (4 carros)
  20. 571 Shopping Iguatemi/Vila Padre Manoel da Nóbrega- Via Leroy Merlin (13 carros)
  21. 604 Parque Via Norte/Carrefour Valinhos- via Bonfim (10 carros)
  22. 664 Nova Aparecida/Shopping Iguatemi (9 carros)
  23. 661 Jardim São Marcos/Jardim São José ( 13 carros)

Capacidade mínima de passageiros

A licitação prevê ainda a capacidade mínima de todos os veículos do transporte após as concessionárias assumirem o sistema. Os miniônibus terão capacidade mínima de 51 passageiros, já o biarticulado do BRT 240. Veja abaixo:

  • Miniônibus: 51
  • Midiônibus: 66
  • Básico: 70
  • Padrão: 80
  • Articulado (Comum) 120
  • Articulado (BRT) 140
  • Biarticulado (Comum) 166
  • Biarticulado (BRT) 240

Com informações da Prefeitura de Campinas e EPTV