Assalto a ônibus de turismo na Região Metropolitana de Curitiba deixa feridos diz PRF

Assalto a ônibus de turismo na Região Metropolitana de Curitiba deixa feridos diz PRF

28 de agosto de 2019 Off Por revistadoonibus

CURITIBA – Um ônibus modelo Paradiso G7 1600LD Scania 8×2 da empresa MHT Turismo sofreu uma tentativa de assalto nesta noite de quarta-feira (26), na altura do KM 60 da BR-116, em Campina Grande do Sul, Região Metropolitana de Curitiba. O ônibus seguia com diversos passageiros com destino a São Paulo.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal que acabou sendo acionada por telefone através do número 191, o ônibus teria sido fechado por um carro aparentemente blindado com placas de São Paulo. O ônibus seguia com escolta de segurança.

Os agentes de segurança que realizavam a escolta do ônibus de turismo, chegaram a informar os agentes da PRF que houve troca de tiros, com uma pessoa ferida, e que o ônibus estava em poder dos assaltantes, por volta de 18h30.

Os dois ônibus tinham saído de Pelotas, no Rio Grande do Sul. O assalto foi a 40 quilômetros da divisa entre o Paraná e São Paulo. Depois de uma troca de tiros com os seguranças, os ladrões conseguiram levar dinheiro e pertences dos passageiros.

Informações iniciais dão conta que pelo menos dois vigilantes foram feridos no tiroteio – um deles teria ficado em estado greve. Eles foram socorridos e encaminhados para o hospital.

Foto: Divulgação – Polícia Rodoviária Federal

A pista seguia parcialmente interditada, por volta das 19h50, e havia lentidão de 6 km, do km 43 ao 37, de acordo com a concessionária Arteris Regis Bittencourt, que administra o trecho. A Polícia Militar informou o ônibus seguia atravessado na pista.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), da PM, atendem a ocorrência. Ainda não há informações se os suspeitos foram presos ou se conseguiram fugir e nem sobre a origem e o destino do ônibus.

Até o presente momento, há informações de ao menos três pessoas feridas, que acabaram sendo socorridas para hospitais da região. Entre elas, uma em estado grave.

Com informações da Rádio CBN e Polícia Rodoviária Federal