Rodoviários da Pássaro Marron fazem paralisação no Vale do Paraíba nesta segunda

Rodoviários da Pássaro Marron fazem paralisação no Vale do Paraíba nesta segunda

26 de agosto de 2019 Off Por Redação Revista do Ônibus

TAUBATÉ – Passageiros que precisaram utilizar os ônibus da Viação Pássaro Marron nesta madrugada e início da manhã de segunda-feira (26), nas cidades de São José dos Campos, Guaratinguetá e Taubaté no Vale do Paraíba, interior de São Paulo, precisaram ter paciência. Os rodoviários da empresa, realizaram um protesto paralisando os ônibus da região.

De acordo com o Sindicato da categoria, o motivo que paralisou os ônibus da empresa na região, foi devido há casos de assédio moral na empresa de ônibus. Os rodoviários só começaram a deixar as garagens após às 06h30, deixando muitos passageiros sem nenhuma informação.

O protesto começou às 4h, depois de uma assembleia na garagem das três cidades e pegou os passageiros de surpresa. Pela manhã, na rodoviária de Taubaté usuários formavam fila tentando remarcar passagens de ônibus que não tinham saído desde 5h.

O engenheiro Radson Filho mora em Taubaté e trabalha em São Paulo. Ele conta que foi surpreendido com a movimentação na rodoviária e com as plataformas vazias.

“É uma situação constrangedora, uma vez que isso interfere no cotidiano de quem não tem nada a ver com a instituição. Preciso pegar o ônibus das 5h30, mas passou já mais de uma hora e não tem informação nenhuma”, explica.

Segundo o Sindicato dos Condutores, a entidade tentava uma reunião com a empresa há dois meses depois do aumento no número de advertências aplicadas aos motoristas e, sem resposta, os trabalhadores decidiram pelo protesto.

“Eles estavam aplicando sanções de forma indiscriminada e sem que o trabalhador pudesse se defender. Essas advertências refletem na Participação nos Lucros e Resultados, com desconto de 5% para cada uma aplicada. Tínhamos vários trabalhadores com quase metade do benefício comprometido e queríamos entender o que estava acontecendo, porque não era um caso isolado”, explicou o presidente do sindicato.

O sindicato informou que foi chamado para uma reunião na garagem de São José dos Campos às 5h30 e que a empresa se comprometeu a fazer um pente-fino nas sanções e se reunir com a entidade na quarta-feira (28) para discutir as advertências e a política de punições. Após a resposta, os trabalhadores fizeram uma nova assembleia e decidiram voltar ao trabalho. Às 6h30 os ônibus começaram a sair da garagem.

A Viação Pássaro Marron ainda não se manifestou sobre o assunto.

Com informações do Sindicato dos Rodoviários e TV Vanguarda