Viação Galo Branco já teve outro ônibus envolvido em ação na Ponte Rio x Niterói

Viação Galo Branco já teve outro ônibus envolvido em ação na Ponte Rio x Niterói

20 de agosto de 2019 Off Por Redação Revista do Ônibus

NITERÓI – A Viação Galo Branco, que possui sede em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, já teve outro coletivo envolvido em ação policial na Ponte Rio x Niterói na década de 90.  Uma reportagem da Folha de São Paulo informava, em agosto de 1996, que um veículo da empresa havia sido roubado em São Gonçalo e, após perseguição policial, caiu na Ponte Rio-Niterói.

Foto: Reprodução de Internet

De acordo com a notícia, um dos suspeitos seria o filho de uma ex-cobradora, que havia sequestrado o ônibus em que a mãe trabalhava. A reportagem não deixa claro se no momento do crime, o veículo levava passageiros. Houve uma perseguição com policiais militares e o homem que conduzia o coletivo perdeu o controle da direção, batendo na mureta da ponte.

O veículo caiu no vão central da via, por volta das 23h30, de uma altura de 72 metros e direto na Baía de Guanabara. Segundo a Folha, aproximadamente 20 metros do muro de proteção de concreto foram destruídos com a força da batida.

Mergulhadores do Grupamento Marítimo fizeram buscas na água em busca do ônibus e do corpo dos assaltantes, que nunca foram encontrados. Os socorristas chegaram a resgatar o corpo de um homem branco, de cerca de 24 anos, próximo ao local do acidente.

Com informações da Folha e Metrópoles