ônibus Blog da Redação Cidades Espírito Santo Trânsito Viajando de Ônibus violência

Bandidos fazem arrastão em ônibus do Transcol em Vitória

VITÓRIA – Passageiros que seguiam a bordo do ônibus modelo Marcopolo Torino do sistema Transcol que fazia a linha 502 viveram momentos de pânico e medo, quando três bandidos realizaram um arrastão a bordo do ônibus na noite deste domingo (18). Foram roubados celulares e carteiras de todos a bordo, quando o coletivo trafegava pela Vila Rubim.

O ônibus saiu de Itacibá, na cidade de Cariacica por volta de 21h, e tinha como destino o Terminal Laranjeiras, no município de Serra. Os bandidos embarcaram no coletivo com passageiros comuns e logo anunciaram o roubo. Enquanto um deles ficou na parte da frente e apontou uma faca para o cobrador, os outros dois foram para a parte de trás.

Foto: Reprodução – Tv Gazeta

Ao todo, quatro passageiros foram roubados. Os criminosos entraram no ônibus na Vila Rubim.

Perto do Palácio Anchieta, no Centro de Vitória, os criminosos ordenaram que o motorista parasse o ônibus e fugiram.

A polícia chegou pouco tempo depois, mas não conseguiu localizar os criminosos.

Vítimas

Uma das vítimas contou que ia para casa com os dois filhos, um menino de dois anos e uma menina de 11, quando os criminosos entraram no coletivo.

“Eu fiquei muito nervosa, porque a minha filha não estava do meu lado, estava em outro banco e ele foi automaticamente para o lado dela e apontou a faca para a perna da minha filha e falou para entregar o celular se não ele ia matar”, disse a mulher, que não quis ser identificada.

Foto: Reprodução – Tv Gazeta

Ela contou ainda que uma outra criança de colo foi ameaçada pelos criminosos. “Ele apontou a faca na cabeça de um bebê, porque a mãe resistiu e não queria dar o celular, ele falou que ia matar. Eu ouvi um barulho, mas logo depois eles desceram do ônibus”, completou.

Segundo testemunhas, os criminosos estavam agitados. “Parecia que o cara da frente estava alterado, os outros parece que foram na pilha e estavam todos assim”, disse uma das vítimas.

Com informações da TV Gazeta