Rodoviários de São Paulo podem fazer paralisação no dia 31 de julho

Rodoviários de São Paulo podem fazer paralisação no dia 31 de julho

26 de julho de 2019 Off Por revistadoonibus

SÃO PAULO – Os rodoviários da Cidade de São Paulo podem parar na próxima quarta-feira (31), a informação é do Sindmotoristas, entidade que representa os rodoviários da capital. A categoria estará se reunindo em uma assembléia na segunda-feira (29), para decidir se seguem com uma paralisação ou não.

A gestão Bruno Covas pode retirar de circulação 260 ônibus do subsistema estrutural, formado pelas empresas mais tradicionais que operam coletivos maiores. Um comunicado que vazou da SPTrans, já mostrava o pedido de adoção da chegada de novos veículos do tipo padron sem o assento e a caixa de valores do cobrador.

Desta forma o Sindmotoristas acredita que pode haver demissões com essa redução de frota.

“A Gestão de Bruno Covas insiste nas mentiras de que não haverá demissão. Mas só na primeira etapa de implantação do projeto, com a redução da frota e do número de cobradores, o sindicato estima que mais de sete mil trabalhadores serão excluídos do sistema. Por outro lado, as empresas adiantaram que não têm dinheiro para as indenizações”, informou o sindicato em seu site.

”Segundo a Prefeitura, os trabalhadores excedentes serão remanejados para as antigas cooperativas, que não respeitam a Convenção Coletiva de Trabalho, ao praticar salários mais baixos e sem benefícios sociais. A direção do Sindmotoristas entende que é uma proposta indecente, trabalhadores das concessionárias não aceitarão emprego nessas condições”, concluiu a categoria.

Com informações da Prefeitura de São Paulo e SindMotoristas