Sem salários, motoristas do transporte escolar de Maceió resolvem parar

Sem salários, motoristas do transporte escolar de Maceió resolvem parar

24 de julho de 2019 Off Por Redação Revista do Ônibus

MACEIÓ – Sem receber salários há pelo menos quatro meses, motoristas que realizam o transporte escolar em Maceió, resolveram realizar uma manifestação na manhã desta quarta-feira (24), estacionando dezenas de ônibus na faixa azul da Avenida Fernandes Lima. O trânsito na região ficou bastante complicado no sentido Farol x Centro.

Com a paralisação dos transportadores escolares, as aulas do Centro Educacional de Pesquisas Aplicadas (Cepa) também foram suspensas nesta quarta-feira. Os coletivos são contratados pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para fazer o transporte de estudantes carentes até o Cepa. Com esse serviço, milhares de alunos são assistidos diariamente na capital.

Foto: Divulgação – Edjane Melo

Em nota, a Seduc informou que um dos motivos do atraso foram inconsistências nas frequências apresentadas pelos motoristas. Porém, o pagamento deve ser efetuado até o início da próxima semana. Confira abaixo na íntegra a nota.

“A Secretaria de Estado da Educação adquiriu 100 ônibus com recursos próprios e 30 já estão transportando estudantes do Cepa. Os demais começaram a chegar e ainda esta semana mais 10 veículos atenderão esses estudantes. Com relação ao pagamento à empresa prestadora de serviço, um dos motivos do atraso do processo de abril foi inconsistências nas frequências dos motoristas apresentadas. No entanto, a Sefaz liberou o recurso e o pagamento deve ser efetuado até o início da próxima semana. Com relação ao processo de maio, a empresa abriu esta semana. E os poucos dias trabalhados em junho, mês de recesso escolar, o processo ainda não foi aberto.”

Com informações OP9 e Secretaria de Estado da Educação