RS: Estado registra queda em acidente nas estradas e com assaltos a ônibus

RS: Estado registra queda em acidente nas estradas e com assaltos a ônibus

8 de julho de 2019 Off Por revistadoonibus

PORTO ALEGRE – O boletim do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), lista três iniciativas a serem tomadas até o ano que vem: o ingresso de novos soldados para grupos rodoviários, após a formatura de policiais militares ainda neste ano, a compra de novos carros e motos para o comando e a criação de um programa de educação no trânsito, que neste ano realizou 54 palestras e simulações de trânsito para cerca de 69 mil pessoas

Com base nos dados, o CRBM espera fechar o ano com uma redução de 17% em mortes no trânsito na comparação com o ano passado, quando foram registradas 443 vítimas.

A rodovia com mais vítimas é a RSC-453, onde 18 pessoas perderam a vida em 15 acidentes no primeiro semestre deste ano. A RSC-287 tem o mesmo número de ocorrências, com uma morte a menos. As duas encabeçam uma lista de 10 estradas onde foram causadas metade das mortes registradas até junho (veja na tabela abaixo).

Rodovias com mais mortes em 2019 até junho

Rodovia Total de Acidentes Total de Mortos
RSC-453 15 18
RSC-287 15 17
ERS-122 13 13
ERS-324 11 12
RSC-153 5 9
ERS-239 9 9
ERS-020 6 6
ERS-040 5 5
ERS-344 5 5
ERS-118 4 4

Fonte: CRBM

Foto: Divulgação Corpo de Bombeiros

No dia 14 de fevereiro deste ano, dois caminhoneiros morreram depois que os veículos bateram de frente na RSC-453 em São Francisco de Paula, na Serra gaúcha. O acidente aconteceu por volta das 12h no km 226 da rodovia, na localidade de Várzea do Cedro. Um deles morreu no local, e o outro foi hospitalizado, mas não resistiu.

Outro caminhoneiro foi vítima de acidente no dia 13 de maio na RSC-287. O veículo saiu da pista e tombou no km 188 da rodovia, em Agudo, na Região Central do estado.

O CRBM atribui a redução do número de mortes ao aumento na fiscalização, viabilizado pela aquisição de equipamentos novos, como radares móveis e etilômetros. O balanço aponta uma elevação de 27% no número de automóveis vistoriados – 404,2 mil veículos no primeiro semestre deste ano, ante 318 mil no mesmo período de 2018.

O número de motoristas flagrados em excesso de velocidade mais que dobrou, passando de 93,3 mil na primeira metade do ano passado para 194,1 mil no período analisado. Flagrantes por embriaguez ao volante tiveram alta de 58%, passando de pouco mais de mil para 1,6 mil.

Roubos a ônibus

O boletim também aborda casos de assaltos a ônibus. Segundo a polícia, nos primeiros seis meses deste ano foram registradas 28 ocorrências do crime, 17% a menos que as 34 registradas no mesmo período de 2018.

Na ERS-040, ERS-734 e ERS-020, foram registrados 55% dos crimes, o que segundo a polícia ocorre devido às características das estradas e às possibilidades de fuga.

Planejamento

O boletim do CRBM lista três iniciativas a serem tomadas até o ano que vem: o ingresso de novos soldados para grupos rodoviários, após a formatura de policiais militares ainda neste ano, a compra de novos carros e motos para o comando e a criação de um programa de educação no trânsito, que neste ano realizou 54 palestras e simulações de trânsito para cerca de 69 mil pessoas.

Com informações do Corpo de Bombeiros, Brigada Militar e RBS TV