Viação Motta começa operação com DD na Brasília x Campo Grande

Viação Motta começa operação com DD na Brasília x Campo Grande

5 de julho de 2019 Off Por revistadoonibus

BRASÍLIA – Começa nesta semana a operação de pelo menos parte da nova frota de ônibus Double Decks, recém adquiridos pela Viação Motta. A linha Brasília x Campo Grande e Campo Grande x Brasília que antes era operada apenas com veículos toco, ou seja, com ônibus Paradiso G7 1200 Mercedes-Benz 4×2, agora passa ter os modernos ônibus Paradiso New G7 1800DD Mercedes-Benz 0500RSD.

O carro número 19003 traz a nova identidade visual da Viação Motta e o serviço Double Green Class, ou seja, serviço leito no primeiro piso e semi-leito/Executivo no segundo andar. Os carros Leito Cama, já divulgados aqui na Revista do Ônibus, por enquanto ainda não foram vistos em operação, o que deve ocorrer nos próximos dias, como informa uma fonte próximo da empresa.

Foto: Reprodução de Internet

Com três horários diários, como podemos ver na imagem acima, a empresa espera atrair ainda mais passageiros na linha Brasília x Campo Grande x Brasília. A nova direção da empresa, vem apostando alto no conforto e atendimento aos clientes. Recentemente, adquiriu diversos novos ônibus, e vem realizando treinamento de aperfeiçoamento em suas equipes de vendas e atendimento aos cliente, afim de garantir um resultado no atendimento aos clientes e passageiros.

Viações Motta e Andorinha são autuadas pelo Procon/MS por não liberar passagens para idosos

CAMPO GRANDE – Uma ação de fiscalização da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor do Procon de Mato Grosso do Sul, autuaram as empresas Viação Motta e Viação Andorinha, nesta quinta-feira (30/5), por problemas na liberação de passagens gratuitas para idosos, como determina o Estatuto do Idosos. A ação ocorreu após reclamações de consumidores que se sentiram prejudicados.

Os agentes do órgão de fiscalização, realizaram vistorias nos guichês das empresas na Rodoviária de Campo Grande. Ainda de acordo com o Procon/MS, foi verificado que na Viação Motta, a linha entre Campo Grande/MS e Barretos/SP, com horário diários, há somente uma passagem disponível gratuitamente para o dia 22 de junho.

Ainda na ação na Viação Motta, outra linha que sai de Campo Grande/MS em direção a cidade de São Carlos/SP, o Procon/MS encontrou problemas. Segundo o governo estadual, órgão no qual o Procon é ligado. Apesar de estar com vendas abertas até dia 10 de julho, não é oferecido benefício para os próximos 30 dias.

O mesmo foi constatado em relação à Andorinha. Com quantidade igual de linhas, mas para Campinas (SP), não oferece a passagem gratuita dentro de um mês.

As empresas não podem se abster gratuidade, pois desobedecem à Constituição Federal e o Estatuto do Idoso, que determina reserva para idosos no transporte rodoviário, ferroviário e aquaviário, regulamentada por três decretos.

Segundo o Procon, o mais recente documento, sob o número 5.934, de outubro de 2006, confirma que “serão reservadas nesses tipos de transporte duas vagas gratuitas às pessoas com 60 anos ou mais e com renda igual ou inferior a dois salários mínimos”.

A Viação Motta e a Viação Andorinha ainda não se manifestaram sobre a fiscalização, até o fechamento desta reportagem.

Ambas têm 15 dias para apresentar defesa.

Garagem da Viação Motta é interditada em Campo Grande

CAMPO GRANDE – Em plena véspera de feriado de Corpus Christi e a garagem da Viação Motta acaba sendo interditada, comprometendo parte das operações da empresa neste feriadão.

Foto: Divulgação Prefeitura de Campo Grande

Durante uma ação de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur), nesta quarta-feira (19), constatou-se que a garagem da empresa, funcionava de forma irregular.

De acordo com a Prefeitura de Campo Grande, a interdição ocorreu devido a empresa de ônibus ter descumprido normas vigentes da legislação ambiental do município, tornando sua atividade em situação irregular.

Ainda de acordo a Semadur, a Viação Motta é apontada por não ter a licença ambiental regularizada junto a prefeitura de Campo Grande. Uma equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), estiveram na garagem da empresa para realizar a interdição.

A prefeitura de Campo Grande, não deu mais detalhes sobre a operação que interditou a garagem da empresa de ônibus, porém, informou que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano aplicou uma multa no valor de R$ 19 que poderá dobrar de valor em caso de descumprimento e rompimento do lacre.

Novas ações de fiscalização, ocorrerão na cidade, afim de evitar maiores transtornos ao Meio Ambiente a ao Município.

Com informações do Procon/MS e Campo Grande News, Prefeitura de Campo Grande e Mídia News