Pluma volta reativar alguns de seus ônibus

Pluma volta reativar alguns de seus ônibus

11 de junho de 2019 Off Por Redação Revista do Ônibus

SÃO PAULO E RIO – Desde que conseguiu reverter o processo de falência no início de abri deste ano de 2019, a Pluma Conforto e Turismo vem mantendo suas operações em diversas linhas afim de manter a qualidade na prestação do serviço no transporte de passageiros.

Em meio a Recuperação Judicial, a empresa vem escalando carros da empresa Trans Isaak como já mostramos antes, e com isso, passam a conquistar mais passageiros. A iniciativa vem dando certo, já que muitos passageiros vem adotando a empresa em alguns trechos como Santos x Foz do Iguaçu, Rio x Foz do Iguaçu e Belo Horizonte x Foz.

Recentemente, a Viação Pluma vem trabalhando na manutenção de alguns de seus ônibus, inclusive os Double Decks, como podemos ver na foto acima, o Busscar Panorâmico DD e o Paradiso DD, juntamente com os modernos G7 1200 da Trans Isaak, que estão a serviço da empresa em um pátio na cidade de Curitiba, aguardando para fazer linha.

A novidade pegou muita gente de surpresa, ao ver alguns dos modelos como o Irizar PB Volvo 6×2 circulando por rodovias de São Paulo operando linha. Acredita-se que esses carros mais antigos, possam voltar a ativa, aumentando com isso o número de ônibus da empresa circulando em suas principais linhas, assim como os já agregados.

Pluma tem processo de falência suspenso pela justiça do Paraná

Após recurso da Pluma Conforto e Turismo S.A, que entrou com ação na Justiça no sexta-feira (29), a juíza substituta Luciane Bortoleto, da 18ª Câmara Cível, do Tribunal de Justiça do Paraná, suspendeu a decretação de falência da empresa, ao acatar recurso da companhia nesta quinta-feira (2/5).

A empresa de ônibus argumentou no agravo de instrumento, que possui condições de cumprir o Plano de Recuperação Judicial e possui viabilidade econômica.

A decisão não significa que a Pluma esteja livre da possibilidade da falência, que o caso esteja encerrado ou que não haverá recursos para que seja aberta novamente a falência. Pode haver recursos de credores e o efeito suspensivo é até o julgamento do caso.

Na última quarta-feira, 27 de março, juíza Mariana Gluszcynski Fowler Gusso, da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Tribunal de Justiça do Paraná decretou a falência da companhia de ônibus ao entender que a Pluma não havia mostrado capacidade de se recuperar e cumprir integralmente o plano.

Para magistrada que analisou o recurso, não há elementos que justifiquem neste momento a decretação da falência, o que só poderá ser decidido somente no final de toda análise dos recursos. A juíza de segundo grau ainda escreveu na decisão que a falência neste momento do processo pode causar danos irreparáveis caso ao longo da análise dos recursos seja verificada a possibilidade de recuperação.

No recurso, a Pluma ofereceu garantias de cumprir os compromissos com os credores e relatou ter um patrimônio imobilizado de R$ 130 milhões e mais de R$ 7,3 milhões em crédito judicial a receber.

O pedido de recuperação da empresa foi apresentado em 22 de agosto de 2015, sendo aceito em 02 de setembro de 2015. A Pluma então apresentou um plano de recuperação em 26 de outubro de 2015.

Confira as linhas da empresa:

Niterói-RJ x Asuncion-PRY
Rio de Janeiro-RJ x Asuncion-PRY
Jundiaí-SP x Asuncion-PRY
São Paulo-SP x Asuncion-PRY
São Paulo-SP x Ciudad Del Leste-PRY
São Paulo-SP x Cascavel-PR
São Paulo-SP x Santa Maria-RS
São Paulo-SP x Ijuí-RS
Foz do Iguaçu-PR x Guarulhos-SP
Foz do Iguaçu-PR x Juiz de Fora-MG
Foz do Iguaçu-PR x Rio de Janeiro-RJ
Foz do Iguaçu-PR x Santos-SP
Foz do Iguaçu-PR x Sorocaba-SP
Foz do Iguaçu-PR x São José dos Campos-SP
Foz do Iguaçu-PR x São Paulo-SP
Foz do Iguaçu-PR x Asuncion-PRY
Foz do Iguaçu-PR x Belo Horizonte-MG
Rio de Janeiro-RJ x Uruguaiana-RS