PE: Governo do estado chama empresas para administrar terminais de ônibus

PE: Governo do estado chama empresas para administrar terminais de ônibus

31 de maio de 2019 Off Por revistadoonibus

RECIFE – A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) e o Grande Recife Consórcio de Transportes convocam empresas privadas para administrar os terminais de ônibus da Região Metropolitana do Recife.

O objetivo da iniciativa é atrair investimentos do setor privado nacional ou estrangeiro para gerenciar as 26 unidades do Sistema de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros do Grande Recife.

Foto:Reprodução de Internet

De acordo o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Bruto, o edital está vinculado ao novo Programa de Parcerias Estratégicas do Estado (PPPE).

“O PPPE permite um maior número de contratos. Neste caso dos terminais, a empresa privada pode optar por um contrato do Programa de Parcerias Público-Privadas (PPP) ou por uma concessão comum”, explica.

Ainda segundo Marcelo, a empresa interessada em administrar os terminais pode apresentar propostas para um, dois, ou mais terminais. “A empresa pode sugerir estudos para o lote todo, se quiser”, diz Marcelo.

O secretário afirma que não se trata de uma privatização. “É uma concessão com contrato de longo prazo. O Grande Recife Consórcio de Transportes é o órgão fiscalizador das obras e vai atuar para saber se as empresas estão cumprindo as exigências”, diz.

Segundo Marcelo Bruto, as propostas devem apresentar estudos de modelagem operacional, econômico-financeira, jurídica, urbanística e de engenharia e arquitetura. “Vamos realizar um estudo de viabilidade para avaliar se as empresas estão dentro dos requisitos exigidos no edital”, explica.

Ele acrescenta ainda que as empresas selecionadas devem ser responsáveis por realizar os serviços de administração, manutenção, conservação e requalificação dos terminais, em troca da exploração comercial desses espaços.

Foto:Reprodução de TV

“Tudo vai depender das necessidades apresentadas no terminal. Cada um tem um problema diferente”, diz. As empresas privadas interessadas devem apresentar os estudos até 1º de julho.

“A Comissão Especial de Avaliação tem de julho a outubro para fazer as avaliações dos trabalhos. A previsão é que as empresas sejam convocadas no primeiro trimestre de 2020”, conta Marcelo.

Problemas

O sistema de transporte do Grande Recife conta com 26 terminais integrados. São atendidos quase 2 milhões de passageiros em mais de 2,7 mil ônibus de 400 linhas diferentes, que realizam, todos os dias, mais de 25 mil viagens.

Os terminais são alvo de queixas de passageiros por causa de falta de estrutura. Além disso, quem anda de coletivo no Grande Recife sofre com a superlotação de veículos e o calor. Esses problemas foram temas da série TI Sufoco, exibida pela TV Globo em março deste ano.

Em janeiro deste ano, passageiros denunciaram que obras no Terminal Integrado de Igarassu, estavam atrasando as viagens dos ônibus. Algumas pessoas levavam até duas horas e meia para concluir o percurso até a capital.

Alguns terminais demoraram para ficar prontos. É o caso do TI Severino Luiz Nunes Pereira (TI CDU), no cruzamento da Avenida Caxangá com a Rodovia BR-101, na Iputinga, na Zona Oeste do Recife. Ele tinha previsão para ser inaugurado na Copa do Mundo de 2014 e só foi entregue para a população em setembro de 2018.

Com informações da Tv Globo NOrdeste