Buser promete novidades neste fim de semana

Buser promete novidades neste fim de semana

31 de maio de 2019 Off Por Redação Revista do Ônibus

SÃO PAULO – Com a chegada do fim de semana, chega também, uma nova campanha da Startup Buser, o famoso “Uber do ônibus” como muitos de seus clientes e passageiros chamam a nova onda do transporte de passageiros no Brasil. Em sua rede social, a Buser chama todos seus seguidores para estarem atentos ao plantão Buser que trará novidades neste fim de semana.

Foto: Reprodução de Internet

A empresa já começou abrir novas rotas como São Paulo x Rio, São Paulo x Belo Horizonte x São José dos Campos x Rio, São Paulo x Araraquara e pelo jeito vem novos trechos que serão anunciados em breve.

Foto: Reprodução de Internet

A empresa oferece passagens promocionais, para quem for fazer a primeira viagem por apenas R$10. O valor segue valendo até este domingo (02/06). *Promoção válida apenas para alguns trechos selecionados.

Confira trechos participantes:
http://bit.ly/2JM3i9n

Ação da ANTT contra ônibus da Buser

A Buser contratou a Islatour Transportes e Locadora de Veículos Ltda para realizar uma viagem entre São Paulo e Belo Horizonte, e essa empresa encontra-se em situação irregular segundo a ANTT. A Islatur estava praticando “circuito aberto” sendo que é autorizada a fazer somente o “circuito fechado”.

Segundo a ANTT, a Islatur lança mão do fretamento sem seguir as normas da Agência, com intervalo de apenas seis horas numa ida e volta entre São Paulo-Belo Horizonte – citou de exemplo. O Buser teve este veículo apreendido por fiscais, semana passada, mas já informou que atendeu os clientes com outro ônibus poucas horas depois. O caso aconteceu no último dia 17 de maio, mas só veio à tona nesta quarta-feira, 29.

“Nesse caso específico, a infração é que a empresa Islatour estava praticando uma viagem em circuito aberto, e só tinha autorização para fretamento em circuito fechado. A autorização de viagem de número 0004741526 indicava partida de São Paulo às 21h30 de 17/05 com chegada a Belo Horizonte/MG às 08h00 de 18/05; e partida de Belo Horizonte/MG às 14h00 de 18/05, com chegada a São Paulo/SP às 23h50 da mesma data, indicando intervalo de apenas 06 (seis)  horas entre a chegada a Belo Horizonte e a partida de retorno a São Paulo/SP. Em entrevista aos passageiros, foi constatado pela fiscalização que nenhum deles faria o retorno na data de 18/05, indicando que se tratava de viagem em circuito aberto (apenas ida), ensejando a lavratura do auto de infração, de acordo com a Resolução ANTT 233/2003.” – informou a agência.

Em meio as polêmicas, a Buser, segue com seu aplicativo e site oferecendo aos passageiros, viagens entre inúmeras cidades com preços mais convidativos.

Foto: Divulgação

ANTT emite nota sobre o aplicativo Buser

Desde que a Agência Nacional de Transportes Terrestres, realizou uma blitz de fiscalização parando um ônibus fretado pela Buser na no dia 24/05 na rodovia BR-381, Fernão Dias no Sul de Minas, onde passageiros que seguiam de São Paulo com destino a Belo Horizonte, tiveram sua viagem atrasada, a repercussão sobre o aplicativo só vem aumentando.

Hoje, a ANTT, que é responsável pela fiscalização das viagens de ônibus entre os estados emitiu um comunicado a imprensa.

Diante de matérias que circulam pela imprensa sobre o aplicativo Buser, a ANTT esclarece que, enquanto Agência Reguladora, prioriza as ações fiscalizatórias nas empresas prestadoras de serviço de transporte rodoviário de passageiros e não diretamente nos aplicativos de transporte.

A atribuição estabelecida em lei é clara para que a ANTT regule e fiscalize o serviço de transporte interestadual, semiurbano e internacional de passageiros, regular ou de fretamento, prestado pelas empresas do setor.

As ações da equipe de fiscalização alcançam as empresas de transporte com o objetivo de verificar a regularidade em relação às resoluções estabelecidas pela Agência e para garantir a segurança dos passageiros que se deslocam dentro do Brasil e daqui para países vizinhos.

Para realizar transporte de passageiros na modalidade de fretamento, as empresas devem cumprir o que a Resolução da ANTT nº 4.777/2015 estabelece.

Por sua vez, para o transporte regular de passageiros, as empresas deverão seguir o que determina a Resolução ANTT nº 4.770/2015.

Cabe enfatizar que a Agência não estabelece nenhum tipo de relação direta com a Buser, nem no aspecto regulatório nem fiscalizatório.

Por fim, reiteramos que a ANTT tem o objetivo de garantir que o transporte rodoviário de passageiros ocorra dentro de padrões de segurança, conforto e higiene e participa de discussões junto aos órgãos formuladores de políticas públicas, como o Ministério da Infraestrutura, no intuito de otimizar cada vez mais o transporte rodoviário de passageiros.

Com informações da ANTT