ônibus Blog da Redação Brasília Brasil Cidades Fiscalização Mercado Minas Gerais Rio São Paulo Sul Trânsito Turismo Viajando de Ônibus

ANTT emite nota sobre o aplicativo Buser

BRASÍLIA – A guerra por passageiros entre as empresas de ônibus rodoviárias que realizam viagens interestaduais e a Statup Buser, que é conhecida como o “Uber do Ônibus” pelos clientes, parece estar longe do fim.

Desde que a Agência Nacional de Transportes Terrestres, realizou uma blitz de fiscalização parando um ônibus fretado pela Buser na no dia 24/05 na rodovia BR-381, Fernão Dias no Sul de Minas, onde passageiros que seguiam de São Paulo com destino a Belo Horizonte, tiveram sua viagem atrasada, a repercussão sobre o aplicativo só vem aumentando.

Hoje, a ANTT, que é responsável pela fiscalização das viagens de ônibus entre os estados emitiu um comunicado a imprensa.

Foto: Divulgação

Diante de matérias que circulam pela imprensa sobre o aplicativo Buser, a ANTT esclarece que, enquanto Agência Reguladora, prioriza as ações fiscalizatórias nas empresas prestadoras de serviço de transporte rodoviário de passageiros e não diretamente nos aplicativos de transporte.

A atribuição estabelecida em lei é clara para que a ANTT regule e fiscalize o serviço de transporte interestadual, semiurbano e internacional de passageiros, regular ou de fretamento, prestado pelas empresas do setor.

As ações da equipe de fiscalização alcançam as empresas de transporte com o objetivo de verificar a regularidade em relação às resoluções estabelecidas pela Agência e para garantir a segurança dos passageiros que se deslocam dentro do Brasil e daqui para países vizinhos.

Para realizar transporte de passageiros na modalidade de fretamento, as empresas devem cumprir o que a Resolução da ANTT nº 4.777/2015 estabelece.

Por sua vez, para o transporte regular de passageiros, as empresas deverão seguir o que determina a Resolução ANTT nº 4.770/2015.

Cabe enfatizar que a Agência não estabelece nenhum tipo de relação direta com a Buser, nem no aspecto regulatório nem fiscalizatório.

Por fim, reiteramos que a ANTT tem o objetivo de garantir que o transporte rodoviário de passageiros ocorra dentro de padrões de segurança, conforto e higiene e participa de discussões junto aos órgãos formuladores de políticas públicas, como o Ministério da Infraestrutura, no intuito de otimizar cada vez mais o transporte rodoviário de passageiros.

Com informações da ANTT