RJ: Campos realiza segunda fase da licitação para novo modelo transporte público

RJ: Campos realiza segunda fase da licitação para novo modelo transporte público

29 de Maio de 2019 Off Por revistadoonibus

CAMPOS DOS GOYTACAZES – A segunda fase da licitação do sistema alimentador para o novo modelo de transporte público de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, foi realizada nesta quarta-feira (29) no Teatro Trianon. No total, 351 licitantes participam desta etapa.

Segundo a Prefeitura, a análise está sendo feita pela Comissão de Licitação. No envelope, contendo os documentos de habilitação estão certidões negativas criminais, certidões negativas nas esferas federal, estadual e municipal, declarações, certidões de quitação eleitoral e militar, entre outros.

“Assim como fizemos na ocasião da abertura do envelope A, no dia 26 de abril, vamos realizar essa sessão com total transparência e a Comissão de Licitação irá abrir os envelopes B que estão devidamente lacrados, na presença de todos os licitantes para a checagem e verificação do conteúdo”, explicou o presidente do Instituto Municipal de Trânsito e Transportes (IMTT), Felipe Quintanilha.

O resultado final da licitação será divulgado quando for encerrada a fase de habilitação, respeitando os prazos legais e em seguida se iniciará a operação dos veículos alimentadores nas localidades e distritos da cidade.

O edital prevê 235 permissões mais 30% de reserva, totalizando 305 em 60 linhas. As linhas distritais serão atendidas por vans e micro-ônibus que levarão os passageiros até terminais próximos à área urbana. A área urbana será atendida pelas empresas de ônibus.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Campos

Novo sistema de transporte público

Campos tem cerca de 500 mil habitantes e 4 mil quilômetros quadrados de área. O perímetro central, com 1,5% da área total do município, concentra 72% de toda a população (360 mil habitantes), enquanto os distritos, com 98,5% da área do município, concentram 28% da população (140 mil habitantes).

Os passageiros da área central serão atendidos pelas empresas de ônibus e as áreas mais distantes passarão a ser atendidas pelo transporte alimentador com vans e micro-ônibus.

Para que esta integração seja feita, o município foi dividido em seis áreas, e cada uma terá um terminal, onde o passageiro poderá trocar de veículo. Os terminais serão Bela Vista, Cepop, Dical, BR-356, RJ-158 e Shopping Estrada.

De acordo com o edital de licitação, a permissão para operar o sistema alimentador com vans e micro-ônibus será concedida a pessoas físicas, similar ao que acontece com os taxistas que atuam no município. O prazo de concessão será de 10 anos, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período.

Seis terminais ligarão seis regiões do município com a área central. Os distritos de Mussurepe, Santo Amaro, São Sebastião e Tocos ficam no setor A; o setor B é composto por Martins Lage (Venda Nova e Campo Novo); no setor C estão Santa Maria, Santo Eduardo, Morro do Coco, Vila Nova e Travessão; o setor D compreende Três Vendas e Sapucaia; o setor E, Santa Cruz; o setor F é Ibitioca, Serrinha, Dores de Macabu.

Com informações da Prefeitura de Campos e InterTV