Greve geral na Argentina cancela voos e linhas de ônibus no Brasil

Greve geral na Argentina cancela voos e linhas de ônibus no Brasil

29 de Maio de 2019 Off Por revistadoonibus

BUENOS AIRES – O Aeroporto Internacional de Ezeiza, em Buenos Aires, recebeu o último voo de Miami às 8h51, no horário de Brasília.

O operador dos aeroportos argentinos, a Aeropuertos Argentina 2000, aconselha os cidadãos a dirigir suas perguntas sobre os voos cancelados às companhias de aviação.

A maior companhia aérea da Argentina, a Aerolineas Argentinas, declarou que está pronta para trocar as passagens de partida sem pagamento adicional durante 15 dias. A empresa informou que cancela 330 voos e que isso afetará 37 mil pessoas.

De outro lado, o terminal rodoviário de Retiro que recebe muitos ônibus de linhas internacionais, como as que saem no Brasil, como das cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre, recebeu poucos carros durante a paralisação.

Em 29 de maio, na Argentina está decorrendo uma greve geral contra a política econômica das autoridades atuais organizada pelos sindicatos. Uma ação semelhante teve lugar em 30 de abril.

Durante o dia de hoje (29) decorrerão manifestações, o metrô e a maioria das linhas de ônibus e de trens não estarão em funcionamento. O lixo também não será recolhido. O governo de Buenos Aires pediu aos cidadãos para deixarem o lixo em casa até o final da greve.

As empresas Crucero del Norte e JBL Internacional que operam linhas ligando Buenos Aires as demais cidades do Brasil, ainda não informaram detalhes de suas respectivas operações no trecho internacional entre Brasil e Argentina.