Últimas:
Consórcio Guaicurus recorrerá de multa sobre nova troca de ônibus em Campo Grande

CAMPO GRANDE – O Consórcio Guaicurus que é responsável pelo transporte público de Campo Grande, não cumpriu o prazo para a renovação de 48 novos ônibus e informou nesta sexta-feira (17) que irá recorrer da multa estipulada pela prefeitura em R$ 2,7 milhões, pelo fato de não ter trocado 9% da frota de veículos conforme prevê o contrato.

De acordo com a assessoria do empresa, foi apresentado um recurso administrativo contra a multa/punição.

Foto: Divulgação

Segundo o site Campo Grande News, até o momento o consórcio fez nenhum pagamento à Prefeitura de Campo Grande. A mesma informou que sabia que o prazo para a troca de veículos venceria ontem (16), porém já havia anunciado que não teria como cumprir o acordo.

Já o diretor-presidente da Agereg, Vinicus Leite, havia adiantado que caso não fosse paga a multa de R$ 2,76 milhões, o município iria acionar a Justiça em busca de seus direitos.

Nova frota

A prefeitura solicitou a renovação seria de 48 novos ônibus, o que equivalem a 9% da frota, atualmente formada por 555 veículos. O contrato prevê idade média de 5 anos para os veículos, mas veículos bem mais velhos continuam em circulação.

Já o Consórcio Guaicurus acionou a Justiça e pede um nova perícia no contrato, além de R$ 76,5 milhões de indenização por “perdas financeiras” desde 2012.

Com informações do Enfoque MS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: