Mesmo com liminar garantindo a gratuidade, idosos de Teresópolis pagam passagem nesta segunda

Mesmo com liminar garantindo a gratuidade, idosos de Teresópolis pagam passagem nesta segunda

13 de maio de 2019 Off Por Redação Revista do Ônibus

TERESÓPOLIS – Idosos com idades entre 60 e 64 anos continuam pagando a passagem nos ônibus de Teresópolis, na Região Serrana do Rio, mesmo após uma liminar concedida pela Justiça no domingo (12) garantindo o benefício da gratuidade.

“Se eu não tivesse com meu irmão ia passar vergonha porque eu estava sem dinheiro e o cartão deu que estava recusado”, disse a aposentada Vera Lucia da Costa.

Já o aposentado Moisés Ângelo falou que só restaram duas alternativas. “A gente entra no ônibus, passa a carteirinha, e eu tenho pavor de passar vergonha, aí ou desce ou paga passagem”, afirmou.

A Viação Dedo de Deus tinha anunciado o fim da gratuidade para essas pessoas, alegando que não há fonte de custeio e que ela seria mantida apenas para idosos com mais de 65 anos, como garante o Estatuto do Idoso. A cobrança no valor de R$ 4 foi autorizada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ).

Porém, no sábado (11), a Prefeitura entrou na Justiça e conseguiu manter o benefício. A decisão foi anunciada pelo Prefeito da cidade, Vinicius Claussen, por meio de uma rede social. Na sexta-feira (10), ele tinha se reunido com os idosos, que chegaram a fazer uma manifestação contra a decisão da empresa de ônibus.

Nesta segunda-feira (13), o município informou que a reativação dos cartões está sendo tratada junto à Riocard, que tem a responsabilidade técnica de promovê-la.

A Viação Dedo de Deus não informou ainda, a partir de quando a liminar da justiça será cumprida.

Com informações da Inter TV