Lagoa-Barra é  interditada por duas horas no Rio devido manifestação

Lagoa-Barra é interditada por duas horas no Rio devido manifestação

6 de Maio de 2019 Off Por revistadoonibus

Um protesto organizado por moradores da Rocinha em frente a comunidade ocupa parcialmente ambos os sentidos da Autoestrada Lagoa-Barra, na Zona Sul do Rio, no início da noite desta segunda-feira. Eles contestam uma ação da Polícia Militar na madrugada desta segunda-feira, que deixou dois feridos e um morto. A vítima fatal foi identificada como Josileno Soares da Silva, de 27 anos, trabalhava como mototaxista e segundo parentes, não tinha envolvimento com o crime organizado.

ATUALIZADO: A via foi liberada às 19h em ambos os sentidos
A PM está no local, com homens do Batalhão de Choque e tenta fazer com que os manifestantes liberem pelo menos mais uma parte da via. Motoristas conseguem passar apenas numa faixa, no sentido Barra. Houve confusão quando, segundo moradores, os militares utilizaram spray de pimenta e bombas de efeito moral para dispersar a multidão.

— É desesperador. É a segunda vez que eles fazem isso com a gente que não tem nada a ver com a situação — reclamou uma moradora.

Na entrada da favela, uma mulher grávida aguardava aos prantos pelo filho de 13 anos, que retornava da escola, enquanto uma amiga tentava acalmá-la.

Uma outra grávida, de oito meses, atendente de uma lanchonete, reclamava das bombas e do gás lançados na estrada. Um cliente, amigo da mulher, ficou indignado.

— Ela tem gravidez de risco. Não pode sofrer assim, não. Eles jogaram tudo aqui perto — esbravejou.

— Não somos vagabundos, mas trataram um trabalhador como tal. É direito nosso estar aqui — retrucou um dos manifestantes, após um policial argumentar que tinham pessoas presas em ônibus sem ar-condicionado no trânsito. Ele disse que os moradores não eram vagabundos.

Via reaberta

A via foi reabertra nos dois sentidos por volta das 19h. De acordo com o Centro de Operações Rio (COR), o trânsito ainda era lento na região por volta das 19h20, em bairros como Gávea, São Conrado, Jardim Botânico, Lagoa e Leblon. Alto da Boa Vista e Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá são opções na volta para casa. A Polícia Militar segue no local.

Com informações da TV Globo e O Globo