Grupo Real entre em Recuperação Judicial no Rio de Janeiro

Grupo Real entre em Recuperação Judicial no Rio de Janeiro

19 de abril de 2019 Off Por revistadoonibus

Considerado um dos mais forte Grupo de transportes do Rio de Janeiro, o Grupo Real, entra em recuperação judicial, em meio a crise financeira que vem passando ao longo dos últimos anos. Pertencem ao grupo, as empresas: Real Auto Ônibus, Reitur Turismo, Real Transportes Metropolitanos e Premium Auto ônibus, está última, empresa que opera linha ligando os aeroportos do Santos Dummont e Internacional do Galeão, passando pela Rodoviária Novo Rio, além de ligar os aeroportos até a Barra da Tijuca na Zona Oeste da cidade, atendendo diversos bairros da Zona Sul.

O pedido de recuperação judicial está na 1ª Vara Empresarial da Capital no
TJRJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) .

Líder do Consórcio Intersul dos ônibus da Cidade do Rio, a Real Auto Ônibus possui uma frota de 370 ônibus e transposta mais de 140 mil passageiros por dia. No total, são mais de 1.200 empregos diretos.

Ainda segundo o TJRJ, o Grupo Real apresentou diferentes justificativas no pedido de recuperação judicial. Uma delas aborda a necessidade de cumprir exigências no contrato de licitação firmado com a Prefeitura do Rio em 2010, como a instalação de equipamentos GPS, câmeras de filmagem, manutenção dos terminais, criação de novos pontos de ônibus, o que segundo a empresa, provocou a redução na margem de lucro.

“Outra alegação é sobre o uso do Bilhete Único Municipal. A argumentação, no caso, é que o passe tinha a previsão de utilização por 5% dos passageiros, mas chegou a casa dos 15%, o que também levou, alegam a queda na margem de lucro do grupo empresarial. A disseminação do transporte alternativo nos últimos anos e a crise econômico-financeira do estado do Rio também foram citadas pelo Grupo Real”, informou o Tribunal.

Com informações do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro