Sensação de violência cresce em Pernambuco e transporte se torna alvo

Sensação de violência cresce em Pernambuco e transporte se torna alvo

15 de abril de 2019 Off Por revistadoonibus

Apesar do Governo do Estado de apresentar números menores da violência em comparação ao ano de 2018, a população sente o drama de assaltos, mortes e demais crimes que ocorrem em todo o estado.

De acordo com a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, 896 pessoas foram mortas nos primeiros três meses de 2019. Segundo dados da Secretaria, o mês de março registrou 316 ocorrências, apresentando uma baixa em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 369 assassinatos. No  primeiro trimestre de 2018, foram contabilizados 1.237 crimes letais contra a vida.

Foto: Divulgação

O número representa uma redução de 27,6% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em Pernambuco, quando comparamos ao mesmo período de 2018, quando ocorreram 1237 assassinatos. Isso equivale a 341 homicídios a menos.

Dezesseis assaltos a ônibus foram contabilizados nas últimas 72 horas, cinco deles ocorreram nas últimas 24 horas, sendo dois do segmento BRT. De 1º de Janeiro até o momento, 615 investidas já foram contabilizadas. Abril já soma 89 crimes deste tipo.

Confira as linhas, com o horário e o local, que foram alvos de assaltantes nas últimas 24h:

18h40 – Totó/Abdias de Carvalho – Torrões, Recife

13h40 – T.I. Pelópidas/PCR (BRT) – Salgadinho, Olinda

18h50 – T.I. Abreu e Lima/PCR (BRT) – Bultrins, Olinda

16h30 – Cais de Santa Rita – Pontezinha, Cabo de Santo Agostinho

19h20 – T.I. Xambá/Príncipe – Peixinhos, Olinda

As informações são da Rádio Jornal em parceria com o Sindicato dos Rodoviários.